Arquivo | Política RSS for this section

Tabocas do Brejo Velho: O prefeito Humberto Pereira foi premiado em Recife-PE, como um dos 50 melhores prefeito do Brasil.

O prefeito do município baiano Humberto Pereira da Silva (PR) de Tabocas do Brejo Velho-BA, foi premiado em Recife-PE, como um dos 50 melhores prefeito do Brasil.
“Sinto-me realizado em ter meu trabalho reconhecido dentro e fora do estado. Tivemos no final do ano, o reconhecimento da União Brasileira de Divulgação, que considerou nossa gestão excepcional, por isso, fomos homenageados. Agora, fiquei surpreso com essa escolha entre os 50 melhores prefeitos do Brasil. Não vou mudar meu modo de administrar, porque meu objetivo é ter uma Tabocas bem melhor e com fé em Deus, vou alcançar esse desejo” concluiu Humberto pereira da Silva (BETO), alegre por ter obtido o grande prêmio em sua gestão, pelo reconhecimento ao seu trabalho.

Anúncios

Iguaí: MP pede que prefeito recontrate demitidos em campanha

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) recomendou ao prefeito de Iguaí, no Médio Sudoeste da Bahia, Murilo Alves Veiga (DEM), que recontrate os funcionários que foram demitidos durante a campanha eleitoral deste ano. Caso Murilo Veiga não anule as demissões em até 72 horas, o MP entrará com uma ação civil pública. O gestor tentava a reeleição, mas perdeu a disputa para Rony Moitinho (PSD), que venceu o pleito com 7.226 votos (53,58%). Segundo o MP, é proibido a agentes públicos que disputam eleições demitir servidores sem justa causa a partir de 2 de julho de 2016, até a posse dos candidatos eleitos, sob pena de nulidade de pleno direito. A exceção à regra são funcionários em cargos comissionados.

Candidato a prefeito de Camamu é morto a tiros; dois homens são suspeitos

Candidato a prefeito do município de Camamu, no baixo sul da Bahia, nas eleições deste ano, Joilson de Lima Oliveira (PV) foi morto a tiros na manhã deste sábado (15) no interior de uma distribuidora de bebidas da qual era proprietário. Segundo informações do site Camamu Notícias, dois homens armados chegaram em uma motocicleta Honda vermelha e atiraram contra Joilson, que morreu no local. O candidato, que ficou em segundo lugar (entre as candidaturas válidas) com 20,02% dos votos (1.640), completaria 45 anos neste domingo (16).

TCM rejeita contas de quatro municípios baianos

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou as contas das Prefeituras de Apuarema, Antônio Cardoso, Canarana, e Acajutiba. As cidades geridas respectivamente por Jozilene Barreto Ribeiro, Felicíssimo Paulino dos Santos Filho, Reinan Oliveira Santos e José Luiz Mendes Brito tiverem contas rejeitadas referente ao exercício de 2015. A Prefeitura Municipal de Apuarema teve contas reprovadas por descumprir o percentual mínimo garantido por lei para investimentos nas áreas de educação e saúde e pela extrapolação do limite de gastos com pessoal. Segundo o TCM a gestora da cidade foi multada em R$ 14.400,00, por não ter reconduzido as despesas com pessoal ao limite previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal, e em R$ 15.000,00, por todas as demais irregularidades remanescentes no relatório técnico. Também foi determinado o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$ 71.382,76, com recursos pessoais, pela realização de despesas com terceiros sem a identificação dos beneficiários e o não encaminhamento de processo de pagamento para conferência. No município de Antônio Cardoso a reprovação se deve pela extrapolação dos gastos com pessoal. Foi determinado o ressarcimento aos cofres municipais de R$7.640,00, com recursos pessoais, pela apresentação de notas fiscais em cópia e designada multa no valor de R$6.000,00. O município de Canarana teve contas rejeitadas e o conselheiro Fernando Vita, solicitou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual (MP) contra os gestores das cidades de Antônio Cardoso e Canarana. Sobre as contas rejeitadas na prefeitura de Acajutiba, o conselheiro José Alfredo Dias, destacou em seu parecer que o gestor não adotou as medidas necessárias a promover a redução da despesa total com pessoal na forma e nos prazos previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. E em plenário foi decidido multar o gestor do município em 30% dos seus subsídios, além de multa de R$6.000,00 pelas demais irregularidades contidas no relatório técnico.

SAJ e Macaúbas têm atos contra aumento de salários de políticos nesta quinta (6)

Duas cidades na Bahia encamparam uma luta contra aumento do salários de prefeito, vice, vereadores e secretários municipais. Nesta quinta-feira (6), tanto em Macaúbas, no sudoeste baiano, como em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, acontecem atos contrários aos reajustes dos subsídios dos políticos.

Em Santo Antônio de Jesus, o projeto de lei em tramitação na Câmara prevê o aumento do salário dos vereadores de R$ 9,4 mil para R$ 12 mil e o de prefeito, de R$18,8 mil para R$ 20 mil. A população prepara um ato na Câmara no intuito de pressionar os vereadores a não aprovarem a proposta.

Já em Macaúbas, os moradores tentam reverter o aumento já concedido, uma vez que o projeto já foi sancionado pelo prefeito. Lá, o reajuste dos subsídios de vereador sairá de R$ 6.010,00 para R$ 10.100,00; prefeito de R$ 14 mil para R$ 19.600,00; secretários de R$ 4 mil para R$ 5,6 mil; e vice-prefeito de R$ 7 mil para R$ 10,3 mil. Os moradores também planejam um ato de protesto para esta quinta-feira.002

Votos brancos, nulos e abstenções somaram 18,51% em Ibotirama

O resultado final da eleição em Ibotirama somou entre votos brancos, nulos e abstenções, 18,51% da opção dos eleitores. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 3.488 pessoas não votaram este ano, o que equivale a  das abstenções.
Dentre os que compareceram às urnas, 15.352 pessoas votaram em branco (1,30%), enquanto que 4,82% dos eleitores (740 pessoas) anularam o voto.

Saiba quais foram os vereadores eleitos em Ibotirama

Os eleitores de Ibotirama definiram, no pleito deste domingo (2), a nova composição da Câmara Municipal.

A eleição de vereadores obedece a regra do quociente eleitoral. Um candidato pode ser eleito ainda que receba menos votos do que outro, desde que seu partido ou coligação atinja o quociente eleitoral.

Eleições 2016: Veja aqui lista completa de prefeitos eleitos na Bahia

Abaíra: Diga (PTB) – 51,30%
Abaré: Fernando Tolentino (PT) – 51,08%
Acajutiba: Alex Freitas (PMDB) – 52,27%
Adustina: Paulo Sérgio (PSL) – 51,86%
Águia Fria: Manoel Potinho (DEM) – 51,13%
Aiquara: Joaquim Neto (DEM) – 34,25%
Alagoinhas: Joaquim Neto (DEM) – 34,15%
Alcobaça: Leo Brito (PSD) – 67,83%
Almadina: Milton Cerqueira (PTN) – 56,27%
Amargosa: Julio Pinheiro (PT) – 55,53%
Amélia Rodrigues: Paulo Falcão (PRB) – 36,85%
América Dourada: Rose (PSD) – 50,97%
Anagé: Dra. Elen Zite (PDT) – 94,27%
Andaraí: João Lucio (PSD) – 56,07%
Andorinha: Renatinho (PP) – 74,76%
Angical: Gilsão (DEM) – 39,05%
Anguera: Fernando (PT) – 59,27%
Antas: Sidonio Nilo (PSL) – 53,06%
Antônio Cardoso: Toinho Santiago (PT) – 64,17%
Antônio Gonçalves: Roberto (PMDB) – 53,35%
Aporá: Ivonei (DEM) – 56,20%
Apuarema: Raival (PP) – 54,01%
Araçás: Gracinha (PT) – 43,78%
Aracatu: Sérgio (PSD) – 50,49%
Araci: Silva Neto (PDT) – 83%
Aramari: Fidel (PMDB) – 52,34%
Arataca: Katiana de Agenor (PP) – 50,46%
Aratuípe: Sinho (PMDB) – 55,15%
Aurelino Leal: Liu Andrade (PP) – 67,51%
Baianópolis: Jandira Xavier (PSD) – 58,27%
Baixa Grande: Heraldo (PMDB) – 51,81%
Banzaê: Jailma (PT) – 54,30%
Barra: Deonísio (PSDB) – 33,41%
Barra da Estiva: João de Didi (PTB) – 56,20%
Barra do Choça: Adiodato (PSDB) – 51,29%
Barra do Mendes: Galego (PMDB) – 68,99%
Barra do Rocha: Professor Léo (PSB) – 52,82%
Barreiras: Zito Barbosa (DEM) – 49,67%
Barro Alto: Orlando (PMDB) – 58,69%
Barro Preto: Ana Paula (PMDB) – 52,62%
Barrocas: Jai de Barrocas (PMDB) – 52,02%
Belmonte: Janio Natal (PTN) – 40,42%
Belo Campo: Quinho (PSD) – 53,32%
Biritinga: Celsa da Sucam (PDT) – 64,99%
Boa Nova: Adonias Rocha (DEM) – 51,48%
Boa Vista do Tupim: Dinho (PSDB) – 59,67%
Bom Jesus da Lapa: Eures Ribeiro (PSD) – 78%
Bom Jesus da Serra: Gazzo (PSD) – 53,84%
Boninal: Aurélio (PTB) – 44,45%
Bonito: Reinan de Lourinho (PSD) – 50,71%
Boquira: Luciano da Farmácia (PSB) – 62,91%
Botuporã: Tavim (DEM) – 50,26%
Brejões: Sandro de Juca (REDE) – 50,22%
Brejolândia: Mazim (PR) – 50,39%
Brotas de Macaúbas: Junior (PT) – 52,78%
Brumado: Eduardo Vasconcelos (PSB) – 69,17%
Buerarema: Vinícius de Orlando Filho (PSDB) – 58,60%
Buritirama: Dedê (PP) – 51,39%
Caatiba: Tânia Ribeira (PR) – 52,42%
Cabaceiras do Paraguaçu: Abel (PTB) – 50,04%
Cachoeira: Tato (PSDB) – 62,60%
Caculé: Beto Maradona (DEM) – 50,44%
Caem: Gilberto Matos (PMDB) – 51,37%
Caetanos: Paulo de Reis (PCdoB) – 64,74%
Caetité: Aldo Gondim (PSB) – 45,53%
Cafarnaum: Sueli (PR) – 50,12%
Cairu: Fernando Brito (PSD) – 51,44%
Caldeirão Grande: Candinho (PDT) – 50,83%
Camacã: Oziel da Ambulância (PSD) – 42,02%
Camaçari: Elinaldo (DEM) – 60,92%
Camamu: Luizinho (PSB) – 79,98%
Campo Alegre de Lourdes: Dr. Enilson (PCdoB)
Campo Formoso: Rose Menezes (PSD) – 52,23%
Canápolis: Myriam (PR) – 62,46%
Canarana: Zeni (PR) – 48,87%
Canavieiras: Dr. Almeida (PPS) – 36,87%
Candeal: Everton Cerqueira (DEM) – 57,10%
Candeias: Dr. Pitágoras (PP) – 52,18%
Candiba: Jarbas (PSD) – 61,98%
Cândido Sales: Lôra Pontes (PRP) – 54,52%
Cansanção: Paulinho (PR) – 51,40%
Canudos: Geo (PSD) – 50,06%
Capela do Alto Alegre: Dr. Nei (PCdoB) – 55,17%
Capim Grosso: Dra. Lydia (PSD) – 54,16%
Caraíbas: Jones (PSD) – 52,94%
Caravelas: Sílvio (PMDB) – 63,95%
Cardeal da Silva: Mariane (PTN) – 59,56%
Carinhanha: Piau (PDT) – 51,99%
Casa Nova: Wilker do Posto (PSB) – 53,90%
Castro Alves: Thiancle (PSDB) – 58,06%
Catolândia: Pimentel (PT) – 51,86%
Catu: Gera (PT) – 55,26%
Caturama: Dr. Paulo (PSD) – 52,24%
Central: Monteiro (PSD) – 55,90%
Chorrochó: Humberto (PP) – 53,57%
Cícero Dantas: Dr. Ricardo (PP) – 54,31%
Cipó: Dr. Abel Araújo (PT) – 49,24%
Coaraci: Jadson Albano (DEM) – 55,48%
Cocos: Dr. Marcelo (PR) – 50,13%
Conceição da Feira: Pompílio (PSD) – 50,78%
Conceição do Almeida: Ito de Bêga (PSD) – 68,59%
Conceição do Coité: Assis (PT) – 53,06%
Conceição de Jacuípe: Normélia Correia (PRB) – 87,12%87,12%
Conde: Dudu Vieira (PMDB) – 66,78%
Condeúba: Silvan Baleeiro (PMDB) – 52,02%
Contendas do Sicorá: Didi (PR) – 54,73%
Coração de Maria: Paim da Farmácia (PT) – 54,20%
Cordeiros: Delci (PSD) – 55,79%
Coribe: Manuel Rocha (PR) – 71,87%
Coronel João Sá: Carilhos Sobral (PMDB) – 50,26%
Correntina: Ezequiel Barbosa (PSDB) – 100%
Cotegipe: Márcia Sá Teles (PP) – 52,46%
Cravolândia: Ivete (PSD) – 67,20%
Crisópolis: Edinal Costa (PSC) – 94,75%
Cristópolis: Gilson da Farmácia (PSD) – 52,24%
Cruz das Almas: Orlandinho (PT) – 49,03%
Curaçá: Pedro Oliveira (PSC) – 61,57%
Dário Meira: William De Alemão (PSDB) – 50,90%
Dias D’ávila: Jussara (PT) – 45,46%
Dom Brasílio: Roberval Galego (PR) – 60,03%
Dom Macedo Costa: Guito da Saúde (PT) – 56,85%
Elísio Medrado: Robson (PSD) – 54,66%
Encruzilhada: Dr. Lei (PMDB) – 43,52%
Entre Rios: Elizio Simões (PDT) – 42,90%
Érico Cardoso: Dr. Erico (PSD) – 56,69%
Esplanada: Franco de Aldemir (PRB) – 50,85%
Euclides da Cunha: Dr. Luciano (PDT) – 51,90%
Eunápolis: Roberio Oliveira (PSD) – 46,13%
Fátima: Sorria (PP) – 51,11%
Feira da Mata: Cidim (PPS) – 50,36%
Feira de Santana: José Ronaldo (DEM) – 71,12%
Filadélfia: Louro Maia (DEM) – 43,78%
Firmino Alves: Lero Cunha (PSB) – 51,73%
Floresta Azul: Gicelia de Garrafão (PSB) – 47,30%
Formosa do Rio Preto: Dr. Termosires (PRB) – 59,14%
Gandu: Leo de Neco (PP) – 50,21%
Gavião: Raulzinho (PSD) – 63,65%
Gentio de Ouro: Roberio (PDT) – 51,72%
Glória: David Cavalcanti (PP) – 53,29%
Gongogi: Kaçulo (PR) – 59,05%
Governador Mangabeira: Marcelo (PP) – 60,95%
Guajeru: Gil Rocha (PDT) – 55,74%
Guanambi: Jairo Magalhães (PSB) – 50,85%
Guaratinga: Dr. Christine (PSD) – 66,33%
Heliópolis: Ildinho (PSL) – 50,91%
Iaçu: Adelson Oliveira (PPS) – 43,13%
Ibiassucê: Adauto Prates (PSDB) – 59,60%
Ibicaraí: Lula Brandão (PSDB) – 40,81%
Ibicoara: Haroldo (PTB) – 36,46%
Ibicuí: Marcos (PSD) – 60,71%
Ibipeba: Demóstenes (PSL) – 53,89%
Ibipitanga: Edypan (PDT) – 57,44%
Ibiquera: Dr. Ivan (PMDB) – 58,40%
Ibirapitanga: Dr. Ravan (PSD) – 51,75%
Ibirapuã: Calixto (PP) – 56,04%
Ibirataia: Ana Cleia (PSD) – 51,90%
Ibitiara: Beto (PT) – 51,26%
Ibititá: Cafu (PSD) – 54,09%
Ibotirama: Terence Lessa (PT) – 51,16%
Ichu: Carlos Santiago (PHS) – 54,39%
Igaporã: Suly (PTN) – 51,84%
Igrapiúna: Léo (PSB) – 69,48%
Iguaí: Rony Moitinho (PSD) – 53,58%
Ilhéus: Dr. Mário Alexandre (PSD) – 41,83%
Inhambupe: Nena (PPS) – 55,67%
Ipecaetá: Sueder Silva (PMDB) – 52,03%
Ipiaú: Maria (PP) – 57,79%
Ipirá: Marcelo Brandão (DEM) – 52,41%
Ipupiara: Ascir Leite (PP) – 56,17%
Irajuba: Jerinho (PSD) – 48,64%
Iramaia: Professora Bete (PC do B) – 100%
Iraquara: Freitas (PSB) – 100%
Irará: Juscelino (DEM) – 51,57%
Irecê: Elmo Vaz (PSB) – 51,13%
Itabela: Luciano Francisqueto (PRB) – 37,02%
Itaberaba: Ricardo Mascarenhas (PSB) – 55,44%
Itabuna: Dr. Mangueira (PDT) – 26,41%
Itacaré: Antônio de Anízio (PT) – 38,87%
Itaeté: Valdes Brito (PT) – 48,40%
Itagi: Dr. Olival (PPS) – 55,33%
Itagibá: Gilson Fonseca (DEM) – 51,41%
Itagimirim: Devanir (PMDB) – 61,38%
Itaguaçu da Bahia: Ivan (PSD) – 57,91%
Itaju do Colônia: Djalma (PSDB) – 56,82%
Itajuípe: Marcone Amaral (PSD) – 52,51%
Itamaraju: Dr. Marcelo (PSDB) – 46,42%
Itamari: Paloma (PSL) – 52,73%
Itambé: Eduardo Gama (PMDB) – 52,33%
Itanagra: Dania (PSL) – 46,30%
Itanhém: Zulma Pinheiro (PMDB) – 52,45%
Itaparica: Prof. Marylda (PDT) – 66,54%
Itapé: Naeliton (PP) – 52,11%
Itapebi: Peba (PP) – 57,04%
Itapetinga: Rodrigo Hagge (PMDB) – 55,96%
Itapicuru: Magno (PSD) – 51,83%
Itapitanga: Dernival (PSB) – 50,59%
Itaquara: Marco de Dr. Geo (PSB) – 50,36%
Itarantim: Paulo Construção (DEM) – 51,30%
Itatim: Tingão (PSD) – 72,54%
Itiruçu: Lorenna Di Gregório (PRB) – 63%
Itiubá: Cecília (PC do B) – 54,68%
Itororó: Doutor Adauto (PSDB) – 60,93%
Ituaçu: Adalberto Luz (PTB) – 100%
Ituberá: Iramar (PMDB) – 43,86%
Iuiu: Reinaldo Góes (PSD) – 60,52%
Jaborandi: Assuero (PSDB) – 60,28%
Jacaraci: Antonio Carlos (PSD) – 60,54%
Jacobina: Luciano da Locar (DEM) – 37,63%
Jaguaquara: Juliano (PP) – 56,19%
Jaguarari: Everton Rocha (PSDB) – 52,48%
Jaguaripe: Hunaldo (PSD) – 71,12%
Jandaíra: Adilson Leite (PMDB) – 52,80%
Jequié: Sérgio da Gameleira (PSB) – 44,50%
Jeremoabo: Deri do Paloma (PP) – 97,69%
Jiquiriçá: Cascalho (PRP) – 50,83%
Jitaúna: Patrick Lopes (PD) – 67,22%
João Dourado: Dr. Celso (PT) – 52,33%
Juazeiro: Paulo Bonfim (PCdoB) – 40,29%
Jucuruçu: Uberlândia (PSD) – 38,51%
Jussara: Hailton Dias (PSD) – 50,80%
Jussari: Antonio Valete (PSD) – 47,61%
Jussiape: Dr. Éder (PMDB) – 78,11%
Lafaiete Coutinho: João Véi (PP) – 74,83%
Lagoa Real: Pedro Cardoso (PMDB) – 53,23%
Laje: Binho da Mota (PSB) – 46,56%
Lajedão: Betão (DEM) – 50,98%
Lajedo do Tabocal: Mariane Fagundes (PSD) – 43,73%
Lajedinho: Marcos Mota (PSD) – 73,64%
Lamarão: Dival de Memel (PT) – 60,20%
Lapão: Ricardo Rodrigues (PSD) – 52,88%
Lauro de Freitas: Moema Gramacho (PT) – 52,39%
Lençóis: Vanessa Senna (PSD) – 73,39%
Licínio de Almeida: Dr. Fred (PCdoB) 51,81%
Livramento de Nossa Senhora: Ricardinho (Rede) – 55,31%
Luis Eduardo Magalhães: Oziel Oliveira (PDT) – 51,54%
Macajuba: Mary (PMDB) – 50,87%
Macarani: Dr. Miller (PMDB) – 56,53%
Macaúbas: Amelinho (PT) – 61,26%
Macururé: Everaldo (PSL) – 50,68%
Madre de Deus: Jeferson Andrade (DEM) – 47,82%
Maetinga: Edcarlos (PT) – 52,01%
Maiquinique: Jesulino Porto (DEM) – 50,98%
Mairi: Jobope (PT) – 58,65%
Malhada: Dezin (PMDB) – 50,22%
Malhada de Pedras: Terezinha (PP) – 57,93%
Manoel Vitorino: Heleno Vilar (PSD) – 55,42%
Mansidão: Ney (PP) – 63,19%
Maracás: Soya (PDT) – 54,56%
Maragogipe: Vera da Saúde (PR) – 55,34%
Maraú: Gracinha (PP) – 53,06%
Marcionílio Souza: Adenilton (PTB) – 100%
Mascote: Arnaldo Lopes (PRB) – 41,92%
Mata de São João: Marcelo Oliveira (PSDB) – 46,10%
Matina: Juscelio (PP) – 50,07%
Medeiros Neto: Dr. Jadina (PPS) – 56,94%
Miguel Calmon: Cacá (PT) – 56,39%
Milagres: Cézar de Adério (PP) – 57,12%
Mirangaba: Adilson do Banco (PMDB) – 54,63%
Mirante: Lúcio Meira (PT) – 54,10%
Monte Santo: Vando (PSC) – 40,93%
Morpará: Lelei (PT) – 53,44%
Morro do Chapéu: Léo Dourado (PR) – 53,82%
Mortugaba: Cássia (PDT) – 53,85%
Mucugê: Manoel Luiz (PSD) – 60,15%
Mucuri: Dr. Carlos (PDT) – 61,81%
Mulungu do Morro: Fredson (PDB) – 63,22%
Mundo Novo: Dr. Adriano (PSB) – 51,59%
Muniz Ferreira: Wellington (PSD) – 54,93%
Muquém do São Francisco: Márcio Mariano (PP) – 50,79%
Muritiba: Danilo de Babao (PRB) – 50,38%
Mutuípe: Digão (PMDB) – 55,59%
Nazaré: Eunice (DEM) – 47,14%
Nilo Peçanha: Carlos Azevedo (PP) – 56,75%
Nordestina: Dr. Erivaldo (PSL) – 58,36%
Nova Canaã: Dr. Marival (PMDB) – 64,71%
Nova Fátima: Adriano (PP) – 50,95%
Nova Ibiá: Murilo (PSL) – 64,59%
Nova Itarana: Danilo de Zeu (PSD) – 58,78%
Nova Redenção: Guilma (PT) – 59,65%
Nova Soure: Cassinho (PSC) – 60,35%
Nova Viçosa: Manoelzinho da Madeira (DEM) – 50,90%
Novo Horizonte: Djalma (PP) – 60,78%
Novo Triunfo: Batistinha (PP) – 66,55%
Olindina: Vanderlei (PP) – 48,28%
Oliveira de Brejinhos: Carlito de Libório (PSB) – 51,68%
Ouriçangas: Tonho de Fiito (PSL) – 54,45%
Ourolândia: João Dantas (PMDB) – 53,90%
Palmas de Monte Alto: Manoel Rubens (PSD) – 55,92%
Palmeiras: Ricardo (PSD) – 50,69%
Paramirim: Gilberto Brito (PSB) – 51,89%
Paratinga: Marcel Carneiro (PT) – 53,55%
Paripiranga: Justino Neto (PV) – 47,13%
Pau Brasil: Babi de Prado (PSD) – 46,35%
Paulo Afonso: Luiz de Deus (PSD) – 43,29%
Pé de Serra: Antônio Joilson (DEM) – 55,67%
Pedrão: Sosthenes da Saúde (PSD) – 38,29%
Pedro Alexandre: Pedro Gomes (PSD) – 36,30%
Piatã: Ed (PTB) – 55,04%
Pilão Arcado: Afonso (PP) – 44,38%
Pindaí: Naná (PP) – 51,45%
Pindobaçu: Helio Palmeira (PMDB) – 54,18%
Pintadas: Batista da Farmácia (DEM) – 50,95%
Piraí do Norte: Val de Diva (PR) – 53,16%
Piripá: Flávio (PTB) – 50,39%
Piritiba: Samuel (PP) – 53,09%
Planaltino: Zeca Braga (PSD) – 50,72%
Planalto: Dico (PP) – 55,70%
Poções: Léo (PTB) – 49,64%
Pojuca: Duda Leite (PSDB) – 43,44%
Ponto Novo: Tiago Venâncio (PMDB) – 51,64%
Porto Seguro: Cláudia Oliveira (PSD) – 47,21%
Potiraguá: Jorge Cheles (PMDB) – 70,08%
Prado: Mayra Brito (PP) – 49,23%
Presidente Dutra: Silvão (PMDB) – 54,58%
Presidente Jânio Quadros: Leo Gamba (PSD) – 55,89%
Presidente Tancredo Neves: Toin do Bó (PMDB) – 63,03%
Queimadas: André Andrade (PT) – 54,03%
Quijingue: Nininho Gois (PR) – 63,47%
Quixabeira: Reginaldo (PMDB) – 51,08%
Rafael Jambeiro: Nalvinho (DEM) – 51,60%
Remanso: Zé Filho (PSD) – 51,51%
Retirolândia: Vonte do Merim (PSC) – 53,52%
Riachão das Neves: Miguel Crisostomo (DEM) – 59,29%
Riachão do Jacuípe: Zé Filho (PSD) – 34,59%
Riacho de Santana: Alan Vieira (PSD) – P50,41%
Ribeira do Amparo: Germano Santana (PT) – 63,98%
Ribeira do Pombal: Ricardo Maia (PSD) – 63,59%
Ribeirão do Largo: Rebinha (PP) – 54,41%
Rio de Contas: João Farias (PSD) – 100%
Rio do Antônio: Deca (PSD) – 51,43%
Rio do Pires: Vânio de Gildásio (PP) – 54,31%
Rio Real: Carroça (PP) – 51,97%
Rodelas: Geraldonho de Livino (PCdoB) – 71,54%
Ruy Barbosa: Cláudio Serrada (PSD) – 84,35%
Salinas da Margarida: Wilson Pedreira (PSD) – 61,04%
Salvador: ACM Neto (DEM) – 73,99%
Santa Bárbara: Professor Jailson (PT) – 49,43%
Santa Brígida: Gordo de Raimundo (PT) – 54,12%
Santa Cruz Cabrália: Agnelo (PSD) – 71,18%
Santa Inês: Professor Emerson (PT) – 54,40%
Santaluz: Quitéria de Jr. (PSD) – 50,9%
Santa Luzia: Guilherme (PSD) – 50,38%
Santa Maria da Vitória: Renatinho (PP) – 44,73%
Santana: Marcão (PP) – 60,52%
Santanópolis: Florin (PTC) – 58,45%
Santa Rita de Cássia: Romualdo (PP) – 52,16%
Santa Terezinha: Zé de Zila (PP) – 54,09%
Santo Amaro: Flaviano (DEM) – 51,80%
Santo Antônio de Jesus: Rogério Andrade (PSD) – 57,52%
Santo Estevão: Rogério (PT) – 65,20%
São Desidério: Zé Carlos (PP) – 68,33%
São Domingos: Izaque Júnior (PMDB) – 50,15%
São Felipe: Rozalio (DEM) – 56,93%
São Félix: Alex (PMDB) – 66,24%
São Félix do Coribe: Chepa Ribeiro (PP) – 55,30%
São Francisco do Conde: Evandro Almeida (PP) 91,17%
São Gabriel: Hipólito (PP) – 64,17%
São Gonçalo dos Campos: Carlos Germano (PP) – 52,32%
São José da Vitória: Jeová Nunes (PSL) – 64,44%
São José do Jacuípe: Erismar de Amadinho (PV) – 51,69%
São Miguel das Matas: Zé Renato (PP) – 39,27%
São Sebastião do Passé: Dr. Breno (PSD) – 42,82%
Sapeaçú: Jonival Lucas (PTB) – 100%
Sátiro Dias: Marivaldo Alves (DEM) – 54,08%
Saubara: Márcia de Bolinha (PTdoB) – 54,57%
Saúde: Sérgio Passos (PSDB) – 58,18%
Seabra: Fábio Lago Sul (Rede) – 67,94%
Sebastião Laranjeiras: Elton Oreia (PR) – 59,66%
Senhor do Bonfim: Carlos Brasileiro (PT) – 62,40%
Sento Sé: Ana Passos (PSD) – 55,13%
Serra do Ramalho:  Ítalo Rodrigo (PSD) – 47,24%
Serra Dourada: Milton (PT) – 52,55%
Serra Preta: Aldinho (PTN) – 50,60%
Serrinha: Adriano Lima (PMDB) – 55,49%
Serrolândia: Gonçalves do Sacolão (PCdoB) – 59,54%
Simões Filho: Dinha (PMDB) – 59,33%
Sítio do Mato: Cássio Cursinho (PP) – 100%
Sítio do Quinto: Jair (PSD) – 57,72%
Sobradinho: Luiz Vicente (PSD) – 56,19%
Souto Soares: André (PTN) – 58,96%
Tabocas do Brejo Velho: Beto (PR) – 55,05%

Tanhaçu: Dr. Jorge (DEM) – 52,70%
Tanque Novo: Vanderlei Cardoso (PCdoB) – 53,16%
Tanquinho: Luedson (PTN) – 65,09%
Taperoá: Rosival Lopes (DEM) – 61,36%
Tapiramutá: Ju (PP) – 62,17%
Teixeira de Freitas: Temoteo (PSD) – 40,77%
Teodoro Sampaio: Bitinho (PR) – 45,24%
Teofilândia: Tércio Nunes (PDT) – 55,18%
Teolândia: Lázaro (PMDB) – 56,51%
Terra Nova: Neide de Paizinho (PDT) – 63,92%
Tremedal: Márcio Ferraz (PSD) – 51,33%
Tucano: Dr. Sérgio (PSD) – 54,24%
Uauá: Lindomar Dantas (PCdoB) – 58,93%
Ubaíra: Fred Andrade (SD) – 52,59%
Ubaitaba: Suka (PSB) – 50,56%
Ubatã: Simeia (PSL) – 56,14%
Uibaí: Birinha (PDT) – 52,94%
Umburanas: Roberto Bruno (DEM) – 57,50%
Una: Tiago de Dejair (PP) – 38,04%
Urandi: Dorival (PP) – 53,33%
Uruçuca: Fernanda (PT) – 91,38%
Utinga: Joyuson (PSL) – 55,41%
Valença: Ricardo Moura (PMDB) – 33,12%
Valente: Marcos Adriano (PSDB) – 53,61%
Várzea da Roça: Loury (PMDB) – 50,92%
Várzea do Poço: Carneiro (PCdoB) – 45,51%
Várzea Nova: Joãozinho (PSL) – 60,14%
Varzedo: Bahia (PSC) – 54,70%
Vera Cruz: Vinicius (PMDB) – 44,88%
Vereda: Dinoel (PR) – 54,14%
Wagner: Elter Bastos (PSL) – 53,30%
Wanderley: Fernanda Sá Teles (PP) – 50,94%
Wenceslau Guimarães: Kaká (PRB) – 59,62%
Xique-Xique: Reinaldinho (PMDB) – 57,16%

Tirar ‘selfie’ na hora da votação pode custar até R$ 15 mil de multa

Quem é viciado em um click e gosta de registrar todos os momentos nas redes sociais, como Snapchat, Facebook e Instagram, deve deixar o celular em casa na hora da votação, que acontece no próximo domingo (02). Aquele que for flagrado fazendo “selfies” pode ser autuado e pagar multa que vai de R$ 5 mil a R$ 15 mil.

“Isso visa que se dê a garantia ao voto, ao sigilo do voto, para que o voto seja feito de forma consciente, de forma individual, de forma livre, então justamente para isso que a lei proíbe qualquer forma de filmar”, explica o juiz Marcelo Junqueira Ayres Filho, ao G1.

Ainda de acordo com Marcelo, a orientação é para que as pessoas entreguem os aparelhos eletrônicos para o mesário no momento de se dirigir à cabine. “A pessoa que estiver com telefone celular vai ter que deixar com o mesário. Quem estiver com câmera, com máquina fotográfica, vai ter que deixar com o mesário no momento da votação”, detalhou o juiz.

Quem tentar enganar o mesário e fazer uma foto escondido e publicá-la, também pode ser punido. “Se houver denúncia pode ser analisado isso, e pode ser aplicado uma multa mesmo posteriormente”, afirma.

Para realizar a votação no domingo, Marcelo explica que é necessário apenas apresentar um documento de identificação com foto. “Pode ser carteira de identidade, carteira de trabalho, habilitação, passaporte, qualquer documento oficial com foto”, orienta.

Barra: Morte de vereador pode ter ligação com homicídio de traficante

A morte do vereador do município de Barra, Velho Chico, José Carlos Carvalho Borges, conhecido como Cacau, pode ter ligação com a morte do traficante Lucas de Oliveira Souza, morto em agosto. De acordo com informações divulgadas  quinta-feira (15), dois dias antes de ser morto, o parlamentar foi interrogado pela polícia sobre um carro roubado, e apontou Luquinha como a pessoa de quem adquiriu o veículo. As investigações conduzidas pelo delegado Roberto Leal, da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), apontaram que o traficante integrava uma quadrilha envolvida com tráfico de drogas e assaltos, e seus executores podem ser os mesmos que assassinaram o vereador. “Os atiradores que mataram o vereador não se preocuparam em esconder a identidade, o que indica que vieram de outra cidade e, além disso, nas duas ações criminosas outras pessoas acabaram atingidas pelos tiros disparados aleatoriamente pelos bandidos”, aponta Leal. Borges foi assassinado a tiros, no último dia 2 de setembro, depois de participar de um comício.

Ibotirama: MP-BA instaura inquérito eleitoral contra prefeito candidato a reeleição

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) instaurou um procedimento preparatório eleitoral para apurar a contratação de funcionários pela Prefeitura Municipal de Ibotirama, realizada pelo atual prefeito e candidato a reeleição Claudir Terence Lessa (PT). O inquérito anunciado na edição desta quarta-feira (14) do Diário da Justiça Eletrônico (DJE) tem por objetivo verificar se essas admissões estão, ou não, em conformidade com a legislação eleitoral. Dessa maneira, Lessa e o secretário municipal de Administração deverão informar a quantidade de contratações realizadas no período de maio e junho deste ano, assim com a necessidade excepcional e temporária dessas transações. Essas informações devem ser disponibilizadas a Promotoria Eleitoral, através do promotor eleitoral Alex Bezerra Bacelar, no prazo de 24 horas.

Seabra: Ação apura trabalho de falso dentista para candidatos a vereador

Um homem suspeito de exercício ilegal da profissão de dentista é investigado por fazer serviços em benefícios de candidatos a vereador em Seabra, na Chapada Diamantina. O homem, identificado por Zé Dentista, que não foi encontrado no local, mantinha um consultório na própria residência. Um dos beneficiados pelo falso dentista seria o candidato Zezinho (PSC). A ação foi feita por integrantes do Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA), em parceria com a Polícia Militar e o Poder Judiciário – 88ª Zona Eleitoral de Seabra. O genro do acusado, de pré-nome Thiago, recebeu os agentes na residência e afirmou que todos os equipamentos cirúrgicos pertencem a Zé Dentista. Conforme Ramsés Ventura, coordenador de Fiscalização do CRO-BA, é difícil realizar operações dentro de residências, pois o Conselho, além de não ter poder de polícia, precisa dispor de mandado de busca e apreensão para entrar nos locais. Ainda segundo o órgão, o número de falsos dentistas descobertos na Bahia triplicou de 2012 para 2015. Saltou de 10 para 30 ocorrências por ano.  Só em 2016, este é o 9º caso apurado pelo Conselho, sendo o mais recente ocorrido no sábado (10), em Correntina, em que um falo dentista foi preso. A estimativa é que mais de 90% ocorrem no interior.

Riacho de Santana: MP investiga prefeito por crime denunciado via aplicativo de celular

Uma denúncia recebida através do aplicativo Pardal motivou uma apuração do Ministério Público Estadual (MP-BA) contra o atual prefeito de Riacho de Santana, oeste baiano, Alan Vieira (PSD). A suspeita é que o gestor, que concorre à reeleição, teria cometido abuso do poder econômico por distribuir gasolina para “motoqueiros” que participaram de uma carreata do candidato. No procedimento administrativo, será ouvido também o proprietário de um posto de combustível, entre outras pessoas com participação no suposto delito eleitoral. O aplicativo Pardal, para celulares, é usado pela primeira vez nas eleições neste ano. Com o app, o eleitor pode denunciar casos de abusos e irregularidades no pleito. A apuração contra o prefeito foi publicada nesta terça-feira (13) no Diário da Justiça Eletrônico.

Baianópolis: Justiça derruba liminar e mantém rejeição de contas de ex-prefeita

A ex-prefeita de Baianópolis, na Bacia do Rio Grande, extremo oeste baiano, Jandira Sores Silva Xavier (PSD), que concorre novamente ao executivo da cidade sofreu uma derrota na Justiça. Uma sentença da desembargadora Maria do Socorro, presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), derrubou uma liminar que havia suspendido um decreto da Câmara de Vereadores local que rejeitou as contas de Jandira Xavier, referentes a 2012. A ação que manteve a desaprovação das contas da ex-prefeita foi impetrada pela prefeitura atual, comandada por Anderson Cleyton Santos Almeida (PSL), que é candidato à reeleição neste ano. Jandira e Cleyton  concorrem ao pleito de outubro. A decisão que mantém a rejeição de contas da ex-prefeita deve preocupar a candidata. No mês passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que as Câmaras de Vereadores, e não mais os Tribunais de Contas dos Municípios (TCMs), devem dar a palavra final sobre o caso. Com a desaprovação das contas, o gestor fica inelegível.  A sentença da desembargadora Maria do Socorro foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta sexta-feira (9).

Vereador e gari são assassinados durante passeata política em Barra-BA

Um vereador da cidade de Barra (BA), no Vale do São Francisco foi assassinado a tiros na noite de sexta-feira (02), enquanto participava de uma passeata política.

De acordo com informações da polícia, José Cláudio Carvalho Borges, de 46 anos, conhecido por ‘Cacau da Oficina’ (PSDB), foi surpreendido por um atirador que estava no meio do povo. Na ação do criminoso, outra pessoa também foi morta. Trata-se de um homem conhecido por ‘Paulo Gari’, que também trabalhava na função de segurança. As vítimas morreram na hora. Após efetuar os disparos, o atirador fugiu na multidão.

A Polícia Militar faz rondas no sentido de localizar e prender o suspeito. A PM informou à reportagem do Central Notícia, que acredita que os crimes não têm ligação política. Há cerca de uma semana, a polícia encontrou uma oficina de desmanche de veículos roubados na cidade. O proprietário, segundo a polícia, era o vereador Cacau da Oficina. Dentro do estabelecimento, os policiais haviam encontrado uma caminhonete Toyota Hilux 2015, cor prata, placa PJE-8617 de Feira de Santana, e após consulta foi constatado que a placa original é PJE-8617 de Irecê.  Através do chassi foi verificado que o carro era roubado. Na ocasião, o parlamentar não estava no local.

Os corpos das vítimas vão ser encaminhados para o Instituto Médico Legal. Durante os socorros, duas pessoas foram atropeladas e  levadas para o hospital da cidade. O vereador que foi um dos mais votados no último pleito, estava em campanha para à reeleição juntamente com o candidato a prefeito pela oposição, Deonisio de Assis. Uma terceira pessoa que não teve seu nome revelado foi atingida por um tiro de raspão.

A Polícia Civil vai abrir inquérito para apurar os crimes. Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido preso.

Fonte: Central Notícia