Ibotirama:Lançamento do Livro Historia de Teatro e pôr do Sol de Aliomar Pereira

O projeto de lançamento do livro “Historia de Teatro e pôr do Sol” do diretor de teatro Aliomar Pereira, tem apoio financeiro da Prefeitura municipal de Ibotirama através das Secretarias de Cultura e Sec. de Educação. O livro foi diagramado, editado e lançado pela Editora Teatro Popular de Ilhéus, instituição parceria da Rede de Teatro do Velho Chico e do Teatro de Ibotirama. Este livro representa para o teatro da Bahia a persistência e a força que se fez durante a vida de um grande homem de teatro, com objetivo de educar, formar cidadão, através da linguagem do teatro no Oeste do Estado. Hoje de ante da visão do Ator Gilberto Morais que fez teatro com Aliomar e continua com a mesma chama do teatro, que foi acessa pelo mestre Aliomar ele Morais diz “Hoje Eu percebo que o objetivo repassado por Aliomar, foi a utilização das problemáticas cotidianas, como ferramentas para espelhá-las em personagem e estudos apresentadas aos componentes dos grupos em seu tempo histórico, como estratégia de construção para se fazer do teatro algo político, educacional, verdadeiro e real no mundo, seja, ele em um grupo, bairro, sociedade, região, território, na Bahia, no Brasil e no mundo. Em Ibotirama existe um método de se fazer Teatro, que para descobrir precisa presenciar de forma direta, a construção coletiva dos grupos, suas histórias, ao pôr do Sol no cais de Ibotirama as margens do Rio São Francisco que é palco do teatro.

(Texto de Gilberto Morais).

O escritor, ator, diretor de teatro e ex-bancário Aliomar Pereira lançará no dia 20 de maio (sábado), a partir das 19h30, na Câmara de Vereadores de Ibotirama (BA), o livro “Histórias de Teatro e pôr do Sol.

Uma obra primorosa que retrata a luta de um visionário que conseguiu mudar os rumos da sua vida e uma cidade inteira através da ARTE.

Amantes da cultura, do conhecimento e do teatro não podem faltar a esse grande encontro, afinal, todos fazem parte dessa história.

Sobre o autor – Aliomar Joaquim Pereira é pós-graduado em Psicopedagogia. Natural de Boa Esperança, lugarejo ao pé da serra do Município de Oliveira dos Brejinhos-Ba. Nasceu no dia 12 de Dezembro de 1950, do casal Estevam Joaquim Pereira e Hilda de Oliveira Pereira, ambos já falecidos.

Aos 18 anos foi estudar em Januária-Minas Gerais, onde se confirmou sua facilidade para a arte teatral, indo em 1972 para São Paulo onde fez faculdade e adquiriu novos conhecimentos para garantir toda uma experiência para realizar o trabalho dramatúrgico que desenvolveu em Ibotirama e cidades circunvizinhas no interior baiano a partir de 1977 até 2011.

Nesse interim, preparou e dirigiu 20 grupos, que apresentaram 61 peças teatrais. Algumas de autoria dos próprios grupos, mas de grande seriedade: “Alerta Cotidiano”, “Trapos Humanos”, “A Vida é mesmo assim?”, “O tribunal”, “Lições de Cidadania”, “Qualquer semelhança não é mera curiosidade”, “Há mais mistério entre o Céu e a Terra” , “Muro, Muralha”, com o qual participou em 1987 do Festival Independente de Teatro Amador, de Marechal Rondon, em Salvador, que lhe valeu 07 troféus, dentre os quais configuram “Melhor Direção” e “Melhor Espetáculo”. Montou também textos dos  autores consagrados, a exemplo de “Morte e Vida Severina”, de João Cabral de Melo Netto e “A Bruxinha que era boa”, de Maria Clara Machado; e tem seu nome na Ficha Técnica, na função de Casting-Ibotirama,   de “Lamarca, o Filme”, dirigido por Sergio Rezende.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: