Bom Jesus da Lapa: Prefeito é punido por gastos irrazoáveis em situação de emergência

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) determinou nesta terça-feira (22) a formulação de uma representação ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) contra o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro Pereira. De acordo com a Corte, o político realizou gastos “irrazoáveis” com os festejos de São Pedro e aniversário de emancipação da cidade em 2013. No mesmo período, o município havia decretado situação de emergência por causa da seca. O relator do processo, conselheiro Fernando Vita, multou o gestor em R$25 mil, pois considerou que as despesas realizadas com as contratações diretas de atrações artísticas, ao custo de R$622.000,00, violaram os princípios da razoabilidade, moralidade e economicidade. Ainda cabe recurso da decisão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: