‘Velho Chico’: Cidades baianas jogam esgoto em rio, adverte comitê

Mais de 100 cidades que são cortadas pelo Rio São Francisco não têm planos de saneamento. O alarme é feito por Maciel Oliveira, secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio (CBHSF). Nesta sexta-feira (3), é lembrado o Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco, como forma de advertir sobre o processo de deterioração do rio. Na Bahia, cidades importantes do vale-são franciscano na Bahia, como Juazeiro e Paulo Afonso, não fizeram ainda o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), previsto em lei desde 2007. “A cidade de Paulo Afonso joga uma cachoeira de esgoto sem planejamento. É uma situação caótica”, disse Oliveira, durante coletiva de imprensa da CBHSF. Uma das queixas do diretor é que o Comitê da bacia do São Francisco não está incluído no conselho de revitalização do rio, no processo de transposição, que deve ser concluída em 2017. Segundo Maciel Oliveira, a ideia é criar em 2017 a campanha “Esgoto Zero” como forma de sensibilizar a população de toda a bacia, nos 507 municípios espalhados em Minas Gerais, Bahia, Goiás, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, além do Distrito Federal. Na bacia inteira, 70% das cidades não concluíram o PMSB. Além de deficiência técnica e falta de interesse dos prefeitos, outro fator que complica a realização dos planos é o custo da obra. As prefeituras se queixam que não têm condições de fazer o plano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: